Página inicial SetaNotícias SetaSeduc aplica Avaliação Diagnóstica para estudantes do Ensino Médio

Seduc aplica Avaliação Diagnóstica para estudantes do Ensino Médio


21/05/2012

JOVEM DE FUTURO

Seduc aplica Avaliação Diagnóstica para estudantes do Ensino Médio

Participarão escolas do programa executado em parceria com MEC e Instituto Unibanco

Estudantes das turmas de 1º ano do Ensino Médio das 180 escolas estaduais que participam do programa Ensino Médio Inovador /Jovem de Futuro fazem, nesta terça-feira, (22/05) a primeira prova diagnóstica do projeto. A avaliação servirá para medir a proficiência destes estudantes para que, ao final dos três anos, seja possível aferir o impacto do programa na formação desses estudantes. As provas serão aplicadas na própria escola pelos professores, durante o período de aula. Serão avaliados cerca de 45 mil alunos, dos quais aproximadamente 8 mil estão em Goiânia.

Os estudantes farão provas de Língua Portuguesa e de Matemática – cada uma terá 26 questões. Não haverá redação. O Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CaEd / UFJF), parceiro da Seduc na implantação da Avaliação Diagnóstica na rede pública estadual, fará a correção das provas, emitindo, em cerca de 40 dias, os boletins de desempenho das turmas para as escolas e boletins individuais dos alunos aos professores.

Para a aplicação desta avaliação, as subsecretarias regionais de Educação repassaram às escolas, entre os dias 11 e 16, todo o material necessário. Os tutores pedagógicos orientaram as unidades a mobilizarem seus alunos para que a participação seja expressiva. O tempo de prova será de duas horas e meia. Nos turnos matutino e vespertino, a avaliação será após o recreio. Para as turmas da noite, o horário ficará a critério das escolas.

A expectativa é que pelo menos 75% dos estudantes façam as provas que servirão de subsídio para uma avaliação geral do programa que é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação em parceria com o Instituto Unibanco.

MEC - O Ensino Médio Inovador, do Ministério da Educação, visa contribuir para melhorar a qualidade desta etapa da educação básica, em que se registram altos índices de evasão e repetência. O Instituto Unibanco disponibiliza ferramentas tecnológicas, conhecimento, formação, apoio e capacitação técnica para as escolas, por meio do seu programa Jovem de Futuro. Em Goiás, neste primeiro ano, estão sendo atendidas 180 escolas de Ensino Médio. Deste total, 60 estão na região do Entorno de Brasília. O objetivo do programa é elevar os índices de aprendizagem dos alunos e reduzir a evasão. As escolas participantes recebem R$ 100 reais/ano por aluno, além de apoio necessário para planejar, executar e avaliar bem o seu plano de trabalho. Até 2014, o programa Ensino Médio Inovador/Jovem de Futuro estará beneficiando todas as escolas de ensino médio do estado de Goiás - cerca de 600 unidades, com 270 mil alunos.

 

Acesso Rápido