Página inicial SetaNotícias SetaMEC oficializa, com Instituto Unibanco, parceria para o Ensino Médio

MEC oficializa, com Instituto Unibanco, parceria para o Ensino Médio


01/03/2012

JOVEM DE FUTURO

MEC oficializa, com Instituto Unibanco, parceria para o Ensino Médio

Em Goiás, projeto já está em execução desde 2011

Termo de cooperação técnica entre o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Unibanco assinado em Brasília garantiu a parceria que integrou o programa Ensino Médio Inovador, do Governo Federal, ao projeto Jovem de Futuro, do Instituto Unibanco. Goiás, no entanto, saiu à frente e desde novembro do ano passado já executa este projeto na rede pública estadual.

O objetivo do convênio assinado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, é contribuir para a melhoria dos indicadores de qualidade no ensino médio, em especial o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) dos sistemas estaduais de ensino e ajudar a construir uma perspectiva de futuro para os jovens de todo o Brasil.

Em Goiás, essa iniciativa contribuirá diretamente para a melhoria da qualidade do Ensino Médio em 600 escolas, alcançado cerca de 420 mil alunos até 2016. Só neste ano, 180 unidades escolares da rede estadual de ensino estão sendo atendidas. Até 2016, a estimativa é atingir com o projeto Ensino Médio Inovador/Jovem de Futuro aproximadamente 2,8 milhões de alunos de mais de quatro mil escolas de todo o Brasil.

Além de Goiás, agora também participam do projeto os estados do Pará, Ceará, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Piauí. Em todos esses locais, as escolas contempladas pelo projeto receberão recursos financeiros e apoio técnico, além de capacitação para transformar os investimentos em resultados como, por exemplo, a melhoria do desempenho e a redução da evasão escolar.

As escolas atendidas recebem o equivalente a R$ 100/ano por aluno para desenvolvimento de um plano estratégico de melhoria de resultados, com duração de três anos. As unidades têm autonomia para decidir como os recursos serão aplicados, de modo a suprir as principais lacunas que comprometem o desempenho dos estudantes, como investimentos em ações de incentivo ao professor, incentivos a estudantes, aquisição de equipamentos como computadores e até pequenas reformas nas instalações.

Desafios - Para o secretário de Estado da Educação, Thiago Peixoto, com o Ensino Médio Inovador/Jovem de Futuro, Goiás terá uma importante ferramenta para tornar esta etapa do ensino mais eficiente e mais atrativa. “É no ensino médio que a educação vive as maiores dificuldades e, neste primeiro momento, vamos focar esforços exatamente nas escolas que têm mais desafios a vencer”, afirmou. Não por acaso, 60 das 180 escolas beneficiadas com o programa em 2012 são da região do entorno do Distrito Federal.

Thiago Peixoto lembrou ainda que o programa Ensino Médio Inovador/Jovem de Futuro é mais uma ação que fortalece as diretrizes da reforma educacional em Goiás, o Pacto Pela Educação. Uma delas prevê a total reformulação do Ensino Médio, com currículo unificado, entre outras mudanças.

 

Acesso Rápido