Página inicial SetaNotícias SetaGoverno seleciona professores e pessoal de apoio administrativo (inscrições encerradas)

11/11/2011

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

Governo seleciona professores e pessoal de apoio administrativo (inscrições encerradas)

Profissionais serão convocados conforme demanda; contratos serão temporários

O Governo de Goiás realiza Processo Simplificado para selecionar professores e pessoal de apoio administrativo que atuarão em escolas da rede pública estadual. Os profissionais que, após o processo de seleção, forem convocados, substituirão aqueles que terão contratos encerrados no fim deste ano letivo. Importante ressaltar que a seleção de um candidato não significa que ele será automaticamente convocado – isto ocorrerá à medida que houver demanda.

Atenção: os pretensos candidatos que nos últimos dois anos cumpriram período igual a 12 meses de contrato por tempo determinado em qualquer órgão do Estado de Goiás ficam automaticamente excluídos desta seleção. Por força de lei, o governo tem que realizar outro processo seletivo para substituir os contratos vencidos. Os que forem convocados, vale destacar, também poderão trabalhar por até um ano.

As inscrições – gratuitas - poderão ser feitas a partir da próxima segunda-feira (14) até o dia 20 (domingo), exclusivamente pela internet, no site da Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento: www.segplan.go.gov.br; ou no da Secretaria de Estado da Educação: www.seduc.go.gov.br. Antes de se inscrever, é importante que o candidato leia atentamente o Edital nº 003/2011 e seus anexos, que também estarão disponíveis nestes sites.

A Secretaria de Estado da Educação vem trabalhando sistematicamente, desde o início desta gestão, na otimização dos recursos públicos. Exemplo concreto é a redução de contratos temporários: levantamento oficial mostra que este número caiu de 9,9 mil professores, em novembro do ano passado, para 4,7 mil em outubro deste ano. Ou seja, uma redução de mais de 5 mil. Este trabalho tem sido possível por conta do amplo processo de modulação de professores que houve na rede estadual e do retorno de muitos destes profissionais para a sala de aula, que também estão sendo incentivados e valorizados com o programa Reconhecer.

Os cargos – Nesse processo simplificado, deverão ser selecionados até 7.804 professores e até 4.590 pessoas para apoio administrativo. Os cargos para professores são: Professor Assistente de Nível I, Professor Assistente de Nível II e Professor Assistente Nível I e II para Atendimento Educacional Especializado. Os de Apoio Administrativo são: Auxiliar de Secretaria, Digitador, Auxiliar de Serviços Gerais, Higienização, Merendeira, Vigia e Motorista.

Para os candidatos ao cargo de Professor Assistente de nível I será exigido o ensino médio completo, com certificado reconhecido na forma legal. O salário para esse nível, com carga de 40 horas, será de R$ 961,04. Já os candidatos ao cargo de Professor Assistente nível II terão que comprovar licenciatura ou outra graduação correspondente às áreas de conhecimento específicas do currículo, com formação pedagógica nos termos da legislação vigente. O salário para este nível, considerando 40 horas de trabalho semanal, é de R$ 1.137,77.

Os candidatos ao cargo de Professor Assistente Nível I e II para Atendimento Educacional Especializado terão que ter, além da formação acadêmica exigida para o professor assistente, proficiência no uso e no ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e conhecer o sistema Braille – leitura e escrita fluente. Eles darão apoio à inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais dentro da rede estadual.

Para os cargos de apoio administrativo, os candidatos a Auxiliar de Secretaria e Digitador terão que ter ensino médio completo e conhecimento básico de Word e Excel. Para os demais cargos, é exigida apenas a primeira fase completa do ensino fundamental; para o motorista, também a carteira de habilitação, categoria B. Todos terão carga horária de 40 horas e vencimentos de um salário mínimo.

As inscrições – No ato da inscrição, o candidato deverá marcar sua opção de cargo, de disciplina, de subsecretaria e município em que deseja atuar. Depois de efetivar a inscrição, não será mais possível alterar essas informações. A confirmação de inscrição deverá ser impressa e guardada pelo candidato. Se convocado, o candidato selecionado terá que se apresentar em até dois dias, sob risco de ir para o fim da lista.

Os portadores de deficiência terão 5% do total das vagas e, ao se inscreverem, terão que preencher formulário específico e apresentar laudo médico detalhando o tipo e o grau da deficiência. Eles poderão ser contratados desde que suas limitações não sejam incompatíveis com as atribuições dos cargos para os quais se candidatarem.

 

Acesso Rápido