Página inicial SetaNotícias SetaSecretário da Educação anuncia medidas administrativas

Secretário da Educação anuncia medidas administrativas


17/01/2011

FOCO NO ALUNO

Secretário da Educação anuncia medidas administrativas

Objetivo é otimizar aplicação de recursos públicos

O secretário Thiago Peixoto vai adotar mudanças administrativas na Secretaria de Estado da Educação. O objetivo é otimizar a aplicação dos recursos destinados ao setor aumentando, assim, os valores investidos em sala de aula. Além disso, as novas medidas anunciadas atendem também às adequações administrativas e orçamentárias implementadas pelo Governo do Estado neste primeiro momento da gestão, em que todas as áreas do governo estão passando por mudanças que visam promover o ajuste fiscal do Estado.

"Não se trata apenas de uma simples economia para reduzir os gastos na Secretaria, mas de um arranjo para que os recursos sejam bem investidos e aplicados na sala de aula, no estudante e no professor. Sempre mantendo o foco no aluno", explicou o secretário.

Entre as medidas estão a auditoria e renegociação de contratos nas mais diferentes áreas da Secretaria, com acompanhamento direto da Controladoria Geral do Estado. Também serão revistos procedimentos administrativos com o objetivo de diminuir os entraves burocráticos e agilizar o andamento de processos licitatórios. "Atualmente um processo deste tipo passa por até 36 etapas. Cada uma delas está sendo revista para que possamos dar celeridade às licitações sem abrir mão dos requisitos legais que garantem a licitude do processo", destacou Thiago Peixoto.

O secretário anunciou também que os cerca de 1 mil servidores da Educação que estão à disposição de outros órgãos do governo deverão retornar à Secretaria da Educação. Desse total, cerca de 720 são professores que irão voltar às salas de aula. A medida vai ajudar a diminuir o déficit de professores na rede estadual.

Também foram divulgadas novidades para a área pedagógica, como a criação de uma academia de liderança para formar gestores das escolas da rede estadual. "Escola com bom diretor tem qualidade de ensino, e ainda no primeiro semestre vamos trabalhar na formação e capacitação desses gestores", declarou.

Além disso, já está sendo articulado o repasse de verba do Governo Federal para a reforma de 210 escolas estaduais.

 

Acesso Rápido